quinta-feira, 21 de março de 2013

13º Capítulo


Aqui está outro capítulo, não se esqueçam de comentar :)

***

(Megan)

Acordei e as memórias da noite passada vieram-me à cabeça. Depois de o Liam ter saído, fomos jantar e ninguém disse uma palavra. No final do jantar fomos logo para o quarto da Emily e ela parecia demasiado assustada para dizer alguma coisa, tal como a Chloe, por isso adormecemos quase logo. 
Olhei para o lado e já só vi a Chloe ainda a dormir. Levantei-me sem fazer muito barulho e fui ver o meu telemovel. Tinha uma mensagem da Lily que é da minha cadeira de inglês mas não me apeteceu ler. Passado algum tempo a Emily entrou no quarto.

Emily: Olá, já acordaste? - Pareceu-me um pouco desiludida. - Queria chegar com vocês ainda a dormir.

Megan: Acho que vos devo uma explicação.

Chloe: Não deves nada… - Ouviu-se ainda com uma voz meio sonolenta, enquanto se sentava na cama. - Tu pareces uma montanha-russa de emoções. Tanto estás com raiva, como te apetece chorar e nós percebemos isso. Provavelmente ficaste chateada com o Zayn porque estavas num daqueles momentos carentes.

Para alguém que tinha acabado de acordar estava com umas teorias boas e com um falatório bastante complexo, mas talvez tivesse razão. Eu sou emocionalmente instavel e aquele tinha sido um momento de fraqueza. 

Megan: Obrigada. - Sorri. Elas sorriram-me de volta e a Chloe atirou-me com uma almofada à cabeça. - E o que vamos fazer hoje?

Emily: Olha, eu dizia uma terapia de compras.

Parecia-me uma boa ideia. Um dia no shopping a fazer compras para esquecer tudo o que se passou naquelas semanas. 

(Louis)

Fui sair com a Eleanor e aconteceu passarmos na universidade onde as raparigas de Paris andavam. Não consegui evitar pensar em toda a confusão que vai em nossa casa neste momento. É o Harry e o Niall que desejavam ser normais outra vez e não paravam de falar no jantar de Paris e o Zayn que anda a chorar pelos cantos por causa da rapariga que não lhe liga nenhuma. E depois ainda há o Liam que está sempre a tentar acalmá-los mas nunca consegue. 

Eleanor: O que passa, Lou?

Louis: Anda tudo doido em minha cassa. - Respondi-lhe, sorrindo.

Eleanor: Por causa das raparigas? - Acenei afirmativamente com a cabeça e a El suspirou. - Elas foram tão simpáticas comigo e com a Dani. Aposto que é por isso que ninguém deixa de pensar nelas. 

Talvez fosse verdade. Talvez elas fossem boas raparigas e apenas não se quisessem meter em sarilhos com rapazes de uma banda.

(Chloe)

O dia estava a correr extremamente bem: já tinhamos feito imensas compras, falado com uns rapazes e agora estavamos sentadas a comer um gelado na zona da restauração. O telemovel da Megan começou a tocar e ela ficou feita parva a olhar para o visor.

Megan: Não conheço o número.

Emily: Atende masé, porque essa musiquinha é irritante. - O toque da Megan é um esquilo a rir-se e a dizer palermices e sim, é mesmo irritante. Ela atendeu.

Megan: Sim? - Esperou um bocado e fez uma cara totalmente desagradavel. - Foi ele que te pediu para ligares? E já agora, como é que tens o meu número? - Esperou durante mais uns segundos. Eu e a Emily entreolhavamo-nos porque não estavamos a perceber patavina da conversa que ela estava a ter. - Oh, claro, esqueci-me que vocês conseguem tudo o que querem. Bem, adivinha! Isto não vais conseguir. - Falou de uma maneira tão má que até eu fiquei assustada. - Pronto, tens 10 minutos. Nem mais nem menos! - E desligou o telemovel.

Chloe: Quem era?

Megan: Liam. Venham. Temos uma conversa para ter.

(Liam)

Quando cheguei ao shopping elas já lá estavam, sentadas no chão a conversar. Fui à beira delas e elas puseram-se imediatamente de pé. 

Megan: Tens um minuto. Fala. - Ela estava a levar isto demasiado a sério para meu gosto.

Liam: Tens que perdoar o Zayn. - Falei extremamente depressa para que ela não me pudesse interromper. - E vocês precisam de acreditar que nós somos normais porque o Harry e o Niall têm estado a desejar nunca ter entrado para a banda. - Disse, para a Emily e para a Chloe. Alguém tinha que as chamar à razão. Mesmo que nós nunca mais as vissemos, eles não podiam continuar miseraveis. 

Megan: Nós não vamos falar com ninguém!

Chloe: Megan! Não sejas mal educada! 

Emily: Ouve, Liam, nós contamos-te o que se passou. Achas que desistimos das nossas férias em Paris para agora vir para aqui e andar com eles? Nós queremos privacidade, por isso é fizemos o que fizemos. 

Liam: Tens razão, mas pelo menos dizei isso a eles. Por favor. - Vi o Louis e a Eleanor a vir na nossa direção mas tentei não fazer muito aparato. Estava um dia calmo e por isso ainda não tinha aparecido nenhuma fã, mas acho que se aparecesse a Megan era capaz de explodir.

Louis: Acho que eles merecem uma explicação. - As três viraram-se para trás, espantadas. Sorriram para a Eleanor, que lhes sorriu de volta e quando a Megan se preparava para falar, a Chloe interrompeu-a.

Chloe: Nós falamos!

Louis: Quando?

Chloe: Não sei, quando vocês acharem bem.

Liam: E que tal agora?

1 comentário:

  1. oi, tudo bem??
    Eu queria lhe pedir um favor se não for incomodo, pedir para vocês divulgarem pra mim meu blog http://imaginejcats.blogspot.com.br/
    Agradeço desde já!!

    ResponderEliminar